Como iniciar o processo de modernização de sistemas legados

Soluções de gerenciamento de processos de negócio BPM

Como iniciar o processo de modernização de sistemas legados

sistemas legados

Com a transformação digital e a busca constante por otimização, cada vez mais as empresas estão se preocupando com a existência dos sistemas legados na operação e infraestrutura de TI.

Podem ser definidos como os sistemas e plataformas existentes na empresa, implantados antes desta era digital de integração e flexibilidade. 

Ou seja, foram desenvolvidos e implantados em uma época em que a tecnologia não permitia desenvolver um software que se adaptasse aos processos de uma empresa, exigia exatamente o contrário: que a empresa e seu modelo operacional se adaptassem às plataformas. 

A consequência disso é que, hoje, esses sistemas não conseguem mais atender a empresa de forma eficiente.

Além disso, são tecnologias que não oferecem mobilidade ou escalabilidade, isso significa que não são capazes de acompanhar o crescimento do negócio e as mudanças operacionais. 

Outra característica dos sistemas legados é a falta de suporte técnico, o que pode representar softwares instáveis e que sempre geram problemas para as empresas. 

Nesse sentido, essas ferramentas também possuem pouco ou nenhuma forma de integração com outros sistemas, o que dificulta a gestão de processos

Com essas informações, já é possível compreender como a presença de sistemas legados pode prejudicar a performance e eficiência do seu negócio, não é mesmo? Mas você sabe a importância de modernizar e como fazer isso? Continue com a sua leitura e descubra!

Por que é importante modernizar os sistemas legados?

Segundo uma pesquisa da Tata Consultancy Services, 70% dos gestores de experiência (CXO – Chief Experience Officer) têm a modernização dos sistemas legados como uma prioridade da área de TI para os próximos 3 anos. 

Com essa atualização, o levantamento nos mostra que 45% das empresas desejam atender com mais eficiência e agilidade as demandas do mercado, enquanto 41% têm por objetivo alcançar melhor desempenho na operação e, ainda, 38% querem obter níveis mais robustos de proteção de dados, recuperação e conformidade.

A segurança, por sua vez, é outro desafio para as organizações que possuem sistemas legados. Para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada pela NTT nos revela que 37,5% dos ativos das empresas respondentes eram obsoletos, sistemas que combinados à expansão do trabalho remoto podem causar ainda mais vulnerabilidades na operação. 

Diante disso, é possível concluir que a modernização dos sistemas legados pode oferecer uma série de benefícios às corporações, como:

  • Reduz os erros;
  • Minimiza as inatividades operacionais;
  • Torna as tecnologias internas mais estáveis e confiáveis;
  • Permite uma gestão holística e baseada em dados;
  • Facilita as tomadas de decisões;
  • Promove melhor experiência ao cliente. 

Como implementar a modernização de sistemas legados?

O primeiro passo para implementar a modernização de sistemas legados do seu negócio é fazer um mapeamento de todas as ferramentas utilizadas atualmente. 

Se a sua equipe de TI já dispõe de um inventário, é mais fácil não somente identificar esses softwares, mas também mapear as suas funções, que é justamente o segundo ponto a ser analisado.  

É importante compreender qual é o funcionamento de cada sistema presente na sua empresa, assim como as equipes que os utilizam e quais são suas “responsabilidades” na operação.

Com isso, já é possível identificar os softwares que, em teoria, deveriam ser usados, porém, com as mudanças de demandas do dia a dia, já não fazem mais parte da rotina dos colaboradores.

Ao identificar esses gargalos, as empresas se deparam com outro desafio: como modernizar a operação sem comprometer o fluxo de atividades? Afinal, quaisquer paradas, por menores que sejam, podem afetar a produtividade e eficiência do time.

Nesse sentido, é preciso não apenas buscar por uma ferramenta inovadora e adequada para as necessidades do seu negócio, mas também realizar um planejamento robusto, de acordo com o porte da sua operação e que atenda às atuais especificações do seu time interno.

Roteirize cada fase dessa migração, faça testes e defina indicadores estratégicos a serem acompanhados. Embora a modernização dos sistemas legados seja um processo complexo, é fundamental para empresas que desejam atingir diferencial competitivo e melhor desempenho no mercado.

Conte com a Blue Service para modernizar a sua empresa!

Se você deseja modernizar os sistemas legados da sua empresa com eficiência e segurança, a Blue Service pode te ajudar!

Fornecemos aos nossos clientes a Blue Service BPM Platform, um software robusto e totalmente personalizável.

Com alta capacidade técnica, a plataforma permite não apenas integração com as mais diversas ferramentas, mas também viabiliza melhor gestão de processos e otimização de toda a empresa. 

Ajudamos organizações dos mais diversos setores a potencializarem seus resultados por meio de uma visão holística da operação, dados estratégicos e melhor estabilidade tecnológica
Quer saber mais? Acesse agora mesmo e entre em contato com o nosso time!